Exchange e suas dependências

Olá pessoal,

 

Hoje vamos falar sobre os serviços que o Microsoft Exchange depende, iniciaremos falando sobre o que talvez seja sua maior dependência, o Active Directory:

 

Active Directory

 

Quando realizamos a instalação do Exchange é necessário prepararmos o AD, neste momento, o Exchange vai criar diversos itens novos, como, campos (classes), containers e configurações. Caso você esteja curioso e queira ver estas informações, podemos vê-las, acessando o ADSI Edit ou o AD Schema:

 

ADSI Edit

No ADSI Edit devemos acessar o Naming Context de Configuration, para acessá-lo, simplesmente selecione Configuration 🙂

 

 

Após isto, clique em Services e podemos ver a direita os dois containers criados. Recomendo que acesse estes containers e explore o conteúdo dentro deles, é interessante.

 

 

AD Schema

Para visualizarmos as classes do Schema, devemos abrir o AD Schema (Lembrem de registrar a dll Regsvr32 Schmmgmt.dll), expandir Classes e navegar até msExch*, como podemos ver, temos diversas Classes, como InformationStore, ExchangeServer e etc

 

 

Todas estas informações são criadas no momento da instalação do Exchange, quando preparamos o AD, esta preparação é necessária pois durante a instalação, o Exchange vai popular estes campos com informações especificas daquela instalação (Exemplo: Nome do servidor, nome do domínio).

Curiosidade: Já olhou o Attribute Editor do seu usuário no AD? Encontrará informações interessantes

 

IIS

A partir do Exchange 2013, o IIS teve um aumento na sua importância pois o Exchange Control Panel foi migrado para uma interface Web, não existindo mais o bom e velho MMC. Vamos ver então os sites do IIS.

 

Default Web Site

No Default Web Site encontram-se todos os serviços ao qual o CAS é responsável. Quanto temos um servidor com somente o Exchange CAS instalado, é só este site que vamos encontrar. Podemos ver que temos um site para cada tipo de conexão do cliente.

 

 

Exchange Back End

No Exchange Back End encontram-se todos os serviços ao qual o Mailbox Server é responsável. Assim como no CAS, quando temos somente o Mailbox Server, é só este site que vamos encontrar.

Assim como no CAS, podemos ver que temos um site para cada tipo de conexão do cliente e também vários outros sites.

 

 

Importante citar que estas informações residem no IIS e também no AD, como podemos ver abaixo:

 

 

Como estas informações existem tanto no AD como no IIS, sempre devemos alterar as configurações dos sites por meio do Exchange, para que a alteração ocorra também no AD. Se alterarmos diretamente no IIS esta informação não será replicada para o AD.

 

DNS

 

Chegamos ao último serviço da nossa lista. O DNS é utilizado pelo Exchange por vários motivos, mas os seguintes motivos são os que julgo mais relevantes.

 

Localizar DC’s e GC’s no domínio

O Exchange utiliza o DNS para encontrar os Domain Controllers e Global Catalogs no domínio e monta uma lista com estes, que é atualizada de tempos em tempos.

 

Localizar domínios externos para envio de e-mail

O Exchange também utiliza o DNS para encontrar os dominios externos toda vez que enviamos algum e-mail. Darei um pequeno exemplo.

 

Digamos que eu seja o domínio marchese.com.br e gostaria de enviar um e-mail para contoso.com

Quando pelo Outlook eu enviar um e-mail, ele passará por vários processos de transporte que veremos no próximo post e chegará na fila para envio.

  1. O Exchange então fará uma consulta DNS por contoso.com.
  2. Ao encontrar o Name Server de contoso.com ele perguntará, quem é o seu MX?
  3. Contoso.com responderá que o MX é 187.99.62.55.
  4. O Exchange de marchese.com.br então tentará conectar diretamente com o 187.99.62.55 via SMTP.
  5. Caso consiga conectar, entregará o e-mail para ele e o processo continuará.

 

Percebem que se o DNS não está funcionando, não teremos como enviar e-mail? Simplesmente porque não temos como saber quem são os domínios que estamos tentando enviar e-mail.

 

Por enquanto é isto, caso tenham dúvidas, deixem um comentário!

Até mais pessoal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: